O Tratado do Escapulário - Frei Afonso Maria

R$ 53,90
R$ 43,12

Obra desconhecida para a quase totalidade dos fiéis católicos brasileiros, O Escapulário do Carmo e a Medalha, neste lançamento da Editora Triregnum renomeado para o justo título de O Tratado do Escapulário, é um livro único e exclusivo naquilo que se propõe a explicar: a exata e profunda natureza do que é o Escapulário Marrom de Nossa Senhora do Carmo e suas qualidades e exigências para plena eficácia.


O leitor poderá esperar desta obra não apenas a descrição minuciosa do que é o Escapulário Marrom, mas também sua história e a polêmica em que foi envolto quando da permissão dada pelo pontífice S. Pio X para que os fiéis portassem a Medalha de Nossa Senhora do Carmo e alcançassem inúmeras graças semelhantes as do escapulário em questão. No entanto, o autor, ao lançar a obra, trata especificamente sobre essa questão da natureza única e especial do escapulário de pano, distinguindo claramente o fato de que este sacramental, símbolo de sua ordem carmelita, é insubstituível em seu formato: apenas são válidos os escapulários marrons de lã animal e tão-somente estes alcançam as graças que Maria Santíssima prometeu aos seus filhos diletos que o portassem.


Para o bom católico, interessado em alcançar a imensa graça de não perecer no Inferno, este livro é um manancial de ensinamentos e instruções, a fim de que este cumpra os devidos rituais e preceitos necessários para alcançar tais propósitos de salvação de sua alma.

ESPECIFICAÇÕES
  • Formato: Brochura;
  • Quantidade de páginas: 206;
  • Ano: 2022;
  • Índice:


Obras de consulta e estudo

Nota Editorial

Introdução


Capítulo I — O Santo Escapulário

Artigo I — O que é

Artigo II — O que nos dá

Artigo III — O que nos pede

Artigo IV — Epílogo


Capítulo II — O ESCAPULÁRIO-MEDALHA


SUMÁRIO: Receios dos Católicos - Missão santificadora do Papa - O Decreto da Sagrada Congregação substituindo os Escapulários pela Medalha - A sua aplicação ao Santo Escapulário do Carmo - Com a Medalha lucramos todos os favores espirituais até o Privilégio Sabatino - Como devemos entender a mente do Papa Pio X - A Medalha serve durante a vida, depois da morte e também na hora da morte? - O Revmo. Pe. Elias Magennis argumentando sobre o valor espiritual da Medalha - Artigo do Pe. Nino Minella aprovado pela Autoridade eclesiástica - O Pe. Valenario Cardella, Consultor da Sagrada Congregação - O sábio Jesuíta Vermeesh e o Cardeal Mercier - Outras autoridades - Motivos que justificam o uso da Medalha - Conduta injustificável - O Papa Pio X, Apóstolo da devoção ao Santo Escapulário do Carmo - Notas sobre o uso da Medalha


Capítulo III - O SANTO ESCAPULÁRIO NA HORA DA MORTE


SUMÁRIO: A hora da morte é o momento mais terrível e transcendental da vida do homem - As palavras da Santíssima Virgem: “Aquele que morrer com o Escapulário não se condenará”, não podem ser aceitas num sentido universal - A quem aproveita o Santo Escapulário e a quem não aproveita - Há moribundos que morrem com o Santo Escapulário, e no entanto vão para o Inferno - A Igreja católica acrescentando às palavras da Virgem Santíssima o advérbio “pie”, coloca a questão no seu verdadeiro centro - Morrer piamente não significa morrer santamente - Dissertação teológica da palavra “pie”.


Capítulo IV — FUNDAMENTOS DA DEVOÇÃO AO SANTO ESCAPULÁRIO


I - Aparição da Santíssima Virgem do Carmo a S. Simão Stock - II Nova aparição da mesma Virgem Santíssima ao Papa João XXII


Capítulo V — Confraria do Santo Escapulário


Capítulo VI — Comemoração solene da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo


APÊNDICE


Documentos latinos creditando a verdade histórica

do Santo Escapulário.


I - Epistola S. Simonis Stock ad religiosos Carmelitas


II - Bulla Joannis XXII, vulgo Bulla Sabbatina


III - Supreme Sacrae Congregationis Sancti Officii. De metallico numismate, etc.


IV - Lectiones II Noturni Brev. Carm. sive Rom. 16 Julii, a Beato Roberto Cardinali Bellarmino

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER